INSCREVA-SE
Voltar

Notícias

05 de Janeiro de 2016

Mixando artesanato e sustentabilidade, projeto dá nova perspectiva para a moda brasileira

Os visitantes da 13ª edição do Inspiramais – Salão de Design e Inovação de Materiais, que ocorre nos dias 11 e 12 de janeiro, poderão conferir de perto palestras, exposição de materiais, mais de 750 inovações tecnológicas e sustentáveis para o mercado de calçados, têxtil e acessórios, além de 15 projetos voltados para o desenvolvimento de produtos genuinamente brasileiros, entre eles o Mix by Brasil.

O projeto inédito no país – e que vem originando inspirações para toda a cadeia produtiva de moda – propõe a utilização do artesanato como adicional de valor para a criação de produtos que reflitam o estilo de vida brasileiro (‘made in Brasil’), gerando também resultados quantificáveis para os núcleos de artesanatos participantes. O Mix by Brasil valoriza não só a mão de obra do artesão, mas promove a inclusão social dos núcleos de artesanato de forma coordenada e sustentável.

Nessa edição o Mix By Brasil traz quatro comunidades artesanais triadas em três estados brasileiros: a Comunidade de Nova Esperança (PR), que fica na região do Vale da Seda apresentará técnicas manuais em artigos de seda; de Canoas (RS) o Grupo Canoa mostrará técnicas manuais feitas a partir de artigos derivados de petróleo; de Ribeira de Cabaceiras (PB) o artesanato do Mestre Zé mostrará o desenvolvimento de produtos com a aplicação de chifres de caprinos e bovinos. Ainda da Paraíba, direto de São João do Cariri, a oficina do mestre Manoel Carlos mostrará sua arte com a técnica do curtimento vegetal original do tanino.

À frente de todo o trabalho desenvolvido com os grupos de artesãos está o estilista e consultor do Núcleo de Design da Assintecal, Jefferson de Assis, que dedica seu tempo e orienta cada comunidade para a criação de 10 componentes que serão apresentados em um espaço conceitual durante o Inspiramais Verão 2017.

De importância cultural e ambiental, o projeto traz aspectos manuais para o mercado, valoriza a mão de obra e as habilidades individuais, além de incentivar o uso de técnicas que unem artesanato e design, como forma de diminuir o impacto ambiental e social. Em toda a construção do Mix by Brasil é promovida também novas perspectivas para as comunidades.

Compartilhe

OPS!